Moxabustão

MOXABUSTÃO, A SAÚDE ATRAVÉS DO CALOR


Técnica que utiliza os princípios da Acupuntura. É uma das soluções mais antigas da humanidade para combater dores. 


A Acupuntura teve sua origem na China entre as tribos no período da Idade da Pedra. Nessa sociedade primitiva as pessoas viviam em cavernas úmidas e freqüentemente lutavam entre si e com animais selvagens e, como as dores eram resultantes lógicas da vida que eles levavam, instintivamente esfregavam e massageavam a área afetada para aliviá-las. Com o desenvolvimento da tecnologia foi moldado um instrumento pontudo de pedra bruta chamado Bian, que era usado para bater levemente e perfurar a pele em locais pré-determinados com o objetivo de tratar e sanar as dores.


A cauterização, da qual deriva-se a Moxa, foi um desenvolvimento que se seguiu à descoberta do fogo. Considera-se que o aquecimento e a sensação de bem estar que o fogo propiciava à vida na caverna fria e úmida, assim como as curas fortuitas que ocasionalmente aconteciam ao toque de um carvão aceso ou pedaço de lenha em brasa, certamente foram os primórdios da cauterização.


O que distingue essas habilidades primitivas chinesa das de outros povos é a extensão de seu conseqüente desenvolvimento dentro da estrutura formal na tradicional fisiologia e patologia.


A cauterização e aquecimento da pele como método de cura usava, originalmente, ramos de arbustos e outros materiais combustíveis comuns. O uso da Moxa como principal substância de combustão data do ultimo período Chou em que, geralmente, utilizava-se o método da cauterização direta, aplicando a moxa diretamente sobre a pele. Num desenvolvimento posterior, o pó da Moxa seca passou a ser triturado e enrolado em forma de bastão ou charuto, para ser seguro em uma de suas pontas com a mão e acesa a outra extremidade a uma distância pequena da pele de modo a produzir calor suave. Este método ainda é o mais praticado.


DANIEL DA SILVA LIMA

NATUROTERAPEUTA

Se você quer saber mais sobre naturoterapia

Cadastre-se em nosso mailing.